Quarta-feira, 27 de maio de 2020
informe o texto

Notícias | Política

Enquanto família de Abílio mantém escola que cobra por aulas EAD , para rede pública ele defende que não tenha nada

18 Mai 2020 - 20:21

Da Redação

Enquanto família de Abílio mantém escola que cobra por aulas EAD , para rede pública ele defende que não tenha nada

Foto -Montagem

A escola Escola Evangélica Missionária Gunnar Vingren, localizada dentro do Grande Templo, na Avenida do CPA, em Cuiabá, estaria cobrando  mensalidade integral no valor  de R$ 400, mesmo com  EAD (Educação a Distância). Ocorre recentemente uma lei que prevê redução das mensalidades escolares durante a pandemia do coronavírus 19 (Covid-19) entrou em vigor em todo Estado. 

Pais de alunos chegaram a criticar o vereador Abílio Jr.  (Podemos) por estar  cobrando explicações da Prefeitura de Cuiabá por causa  do EAD, aplicado pelo canal 17 (TV Mais), mas não cobra uma posição da própria escola ao qual família gerencia. 

O vereador já se manifestou sendo contra o EAD que virou uma ferramenta essencial para continuidade do ensino durante a pandemia. 

O secretário de Educação de Cuiabá Alex Vieira Passos (PTB)  explicou que para os alunos de Cuiabá realizarem aulas,  foi feito uma chamada com as TVs locais, e a TV Mais foi quem apresentou o menor valor e com todos os itens que estão no objeto de contratação. 
                                                                                                                                                                                                                 "O processo de contratação foi lícito e com preço abaixo do esperado. Não preciso de audiência. Isso encarece a contratação. Não podemos e não devemos contratar uma TV por sua audiência. A Secretaria de Educação não precisa de audiência para passar aula para os alunos. Preciso de transmissão digital e TV que ofereceu o menor preço é uma TV fundacional, filiada à TV Cultura de São Paulo, e que colocou o menor preço na praça com todas ferramentas necessárias”, defendeu o secretário.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet