Sábado, 29 de janeiro de 2022
informe o texto

Notícias | Cidades

Mais de 40 cilindros de GNV vendidos ilegalmente são apreendidos e polícia fecha oficina clandestina

12 Jan 2022 - 15:16

G1-MT

A Delegacia Especializada do Consumidor (Defaz) fez, nesta terça-feira (11), uma operação contra a instalação ilegal de Gás Natural Veicular (GNV), em uma oficina clandestina, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Foram apreendidos mais de 40 cilindros.

Era cobrada aproximadamente R$ 5 mil por instalação. Cada cilindro custa em média R$ 1.800, de acordo com a polícia.

Com o aumento nos preços dos combustíveis, a busca pelo GNV aumentou consideravelmente e a polícia orienta que os consumidores fiquem atentos aos serviços oferecidos pelo mercado e exijam a nota fiscal. Também é possível verificar as empresas autorizadas pelo Inmetro.

A operação foi feita em conjunto com fiscais do Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem).

O delegado Rogério da Silva Ferreira afirmou que o dono da oficina foi localizado e que ele vai ser autuado por crime contra as relações de consumo e conduzido à delegacia. "Inicialmente ele disse que estava tudo legal na empresa, mas não está legalizada, não tem nada legalizado nessa empresa", disse.

Além de multa, o caso é passivo de prisão, segundo o delegado. "Mas infelizmente a pena de prisão é pequena, é de até um ano, mas vamos adotar todas as medidas cabíveis ao proprietário e apreender os materiais encontrados aqui na oficina, para que ele (empresário) não continue fazendo esse tipo de trabalho", explicou.

Aumento no preço

Por causa da crescente procura, em novembro do ano passado, houve reajuste no preço do GNV. Aumentou média de R$ 0,35 por metro cúbico em Cuiabá.

A regulamentação tarifária foi definida na semana passada e determinou o piso de R$ 1,45 e o teto de R$ 1,52. A MT Gás optou pelo piso, de R$ 1,45, aumentando R$ 0,10.

O processo de conversão em alguns locais custa quase R$ 7 mil todo processo.

Só em Cuiabá, cerca de 1,7 mil motoristas por aplicativos usam GNV.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet